Connect with us

Gospel News

Número de mortos por coronavírus na China sobe para 41

Publicado

em

Hong Kong declarou emergência, cancelou festas do Ano Novo Lunar e restringiu acesso à China. 

O número de mortos pelo surto de coronavírus na China saltou para 41 neste sábado (25), marcando um começo sombrio para o Ano Novo Lunar no país asiático, com Hong Kong declarando uma emergência de vírus, cancelando celebrações e restringindo as ligações à China continental. 

 A Austrália confirmou neste sábado seus quatro primeiros casos, a Malásia confirmou três e a França relatou os primeiros casos da Europa na sexta-feira (24), enquanto as autoridades de saúde de todo o mundo lutam para evitar uma pandemia.

Publicidade

 A líder executiva de Hong Kong, Carrie Lam, declarou no sábado uma emergência de vírus no centro financeiro asiático, com cinco casos confirmados, interrompendo imediatamente as visitas oficiais à China continental e suspendendo as celebrações oficiais do Ano Novo Lunar.

Os voos de entrada e saída e as viagens de trem de alta velocidade entre Hong Kong e Wuhan, o epicentro do surto, serão suspensos e as escolas, agora no feriado do Ano Novo Lunar, permanecerão fechadas até 17 de fevereiro. 

O território também tratava 122 pessoas com suspeita de ter a doença.

1.300 infectados no mundo
O número de mortos pelo coronavírus na China subiu para 41 neste sábado, ante 26 no dia anterior, e mais de 1.300 pessoas foram infectadas globalmente com um vírus encontrado em um mercado de frutos do mar na cidade central de Wuhan, que vendia ilegalmente animais silvestres.

Hu Yinghai, vice-diretor geral do Departamento de Assuntos Civis da província de Hubei, onde fica Wuhan, fez um apelo no sábado por máscaras e roupas de proteção. Os hospitais da cidade fizeram pedidos semelhantes.

Publicidade

“Estamos constantemente avançando no controle e prevenção de doenças … Mas agora estamos enfrentando uma crise de saúde pública extremamente grave”, disse ele em entrevista coletiva.

Os veículos que transportam suprimentos de emergência e equipes médicas para Wuhan estão isentos de pedágios e vão receber prioridade no trânsito, informou o Ministério dos Transportes da China neste sábado.

Wuhan disse que proibiria veículos não essenciais do centro da cidade a partir de domingo para controlar a propagação do vírus, paralisando ainda mais uma cidade de 11 milhões de pessoas que está em confinamento virtual desde quinta-feira, com quase todos os voos cancelados e postos de controle bloqueando as principais estradas fora da cidade.

Autoridades impuseram restrições de transporte a quase toda a província de Hubei, que tem uma população de 59 milhões.

Na Austrália, três homens, com 53, 43 e 35 anos, em Nova Gales do Sul, estavam em condições estáveis ​​após terem confirmado o vírus depois de voltarem de Wuhan no início deste mês.

Publicidade

Um cidadão chinês na casa dos 50 anos, que estava em Wuhan, também estava em condições estáveis ​​em um hospital de Melbourne depois de chegar da China em 19 de janeiro, disseram autoridades da Victoria Health.

A rede estatal China Global Television informou no Twitter neste sábado que um médico que estava tratando pacientes em Wuhan, Liang Wudong, 62 anos, morreu do vírus.

Não ficou claro imediatamente se sua morte já foi incluída no número oficial de 41, dos quais 39 estavam na província central de Hubei, onde Wuhan está localizada.

A rede de cafeterias norte-americana Starbucks disse neste sábado que estava fechando todos os seus pontos de venda na província de Hubei para o feriado de Ano Novo Lunar de uma semana, após um movimento semelhante do McDonald’s em cinco cidades de Hubei. 

Medidas de proteção

Publicidade

Em Pequim, neste sábado, trabalhadores em trajes de proteção brancos verificaram a temperatura dos passageiros entrando no metrô na estação ferroviária central, enquanto alguns serviços de trem na região do delta do rio Yangtze, no leste da China, foram suspensos, disse a operadora ferroviária local.

O número de casos confirmados na China é de 1.287.

O vírus também foi detectado na Tailândia, Vietnã, Cingapura, Japão, Coreia do Sul, Taiwan, Nepal e Estados Unidos.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA disseram na sexta-feira que tinham 63 pacientes sob investigação, com dois casos confirmados.

Embora a China tenha pedido transparência na gestão da crise, após a disseminação da Síndrome Respiratória Aguda Grave de 2002/2003, as autoridades de Wuhan foram criticadas por lidar com o atual surto. 

Publicidade

Em rara dissidência pública, um jornalista sênior de um jornal provincial de Hubei, dirigido pelo Partido Comunista, pediu na sexta-feira uma mudança “imediata” de liderança em Wuhan, em publicação no Weibo, semelhante ao Twitter. A publicação foi removida posteriormente. 

Reforços para Wuhan 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o novo coronavírus uma “emergência na China” esta semana, mas decidiu não declará-lo como preocupação internacional.

A transmissão de humano para humano foi observada no vírus.

A Comissão Nacional de Saúde da China disse que formou seis equipes médicas, totalizando 1.230 profissionais da saúde para ajudar Wuhan. 

Publicidade

A província de Hubei, onde as autoridades estão correndo para construir um hospital com 1.000 leitos em seis dias para tratar pacientes, anunciou neste sábado que havia 658 pacientes afetados pelo vírus em tratamento, 57 dos quais estavam gravemente doentes. O coronavírus recém-identificado criou alarme porque ainda existem muitas incógnitas em torno dele, como o quão perigoso é e com que facilidade se espalha entre as pessoas. 

Pode causar pneumonia, que foi mortal em alguns casos. Os sintomas incluem febre, dificuldade em respirar e tosse. A maioria das mortes ocorreu em pacientes idosos, muitos com condições pré-existentes, segundo a OMS. 

Ano Novo Lunar 

Os aeroportos de todo o mundo intensificaram a triagem de passageiros da China, embora algumas autoridades e especialistas em saúde tenham questionado a eficácia de tais triagens.

Há temores de que a transmissão acelere com as viagens chinesas durante o feriado de Ano Novo Lunar, que começou neste sábado, embora muitos tenham cancelado seus planos, com companhias aéreas e ferrovias na China oferecendo reembolsos gratuitos. 

Publicidade

O surto de vírus e os esforços para contê-lo prejudicaram o que normalmente é uma época festiva do ano.

Sanya, um popular destino turístico na ilha de Hainan, no sul da China, anunciou que estava fechando todos os locais turísticos, enquanto a capital da ilha, Haikou, disse que os visitantes de Wuhan seriam colocados em quarentena de 14 dias em um hotel.

A Disneylândia de Xangai foi fechada a partir deste sábado. 

O parque temático tem uma capacidade diária de 100.000 pessoas e as entradas esgotaram durante o feriado de Ano Novo Lunar do ano passado.

O Templo do Lama, de Pequim, onde as pessoas tradicionalmente fazem oferendas para o ano novo, também fechou, assim como outros templos. 

Publicidade

Gospel Channel | © Thomson Reuters.

Gospel News

Jéssica Augusto | Soldado Ferido [Cover Junior]

Publicado

em

Continue lendo

Gospel News

Grupo Frutificai expande no mercado com marca própria de camisetas

Publicado

em

Chega ao mercado cristão uma nova marca de roupas, “Frutificai”.

Esta novidade é a realização do sonho do casal pernambucano Roney Santos e Nailma Xavier. Roney nasceu na cidade de Palmares e Nailma na cidade de Sertânia. Atualmente, moram em Palmares (PE). Com muita alegria, eles lançam a primeira coleção de camisetas em parceria com o Grupo Frutificai – que conta com a Web Rádio Frutificai, a Frutificai Produções (assessoria artística, divulgação, impulsionamento e plano de carreira) e o portal de notícias Sal da Terra.

Estávamos pedindo a Deus mais uma forma de semear a Sua Palavra, visto que já temos a Web Rádio Frutificai lançando sementes 24 horas por dia. Deus nos deu, em outubro de 2021, a ideia de fazer essa semeadura por meio de camisetas com Sua Palavra estampada nelas. Depois disso, oramos e iniciamos as pesquisas de mercado e a melhor forma de produzi-las. Montamos a nossa produção e hoje lançamos um produto exclusivo e de altíssima qualidade. Temos certeza de que essa semente será resposta de oração, acalento e conforto para muitos corações. Nós, do Grupo Frutificai, entendemos que as camisetas são mais uma ferramenta de evangelização,” Roney Santos compartilha motivado.

A marca, cujo slogan é “Frutificai – coberto pela graça”, surgiu após o casal assimilar o propósito do Grupo Frutificai que é gerar frutos levando a Palavra de Deus ao máximo de pessoas possível. Diante disso, os empresários Roney e Nailma perceberam que também precisavam cumprir a missão do Grupo Frutificai levando a Palavra de Deus ao conhecimento de mais pessoas; assim, nada melhor do que estampá-la em camisetas: “Por meio das camisetas, não precisamos anunciar o que pensamos, mas, expressando a verdade de Cristo em uma estampa, estamos dizendo tudo”, ressalta Nailma.

Publicidade

Roney enfatiza que o mote, “Vestindo-se com a Palavra de Deus”, define a ideia de vestir não apenas o corpo, mas o espírito e que a qualidade será um diferencial no qual a marca se firmará: “Na atualidade, sabemos que existem várias marcas de camisetas que também fazem um grande papel. Entretanto, a ‘Frutificai’ vai priorizar a excelência em todos os aspectos e processos que garantirão a qualidade das suas peças. Servimos a Deus e temos de fazer o nosso melhor para Ele, em primeiro lugar, e para todos que terão uma camiseta da Frutificai’. Seremos rigorosos com todo o nosso processo de produção, da concepção das peças às mensagens estampadas, visando a satisfação daqueles que serão mais do que nossos clientes, mas, acima de tudo, alvos do nosso amor em Cristo.

Os empresários pernambucanos reforçam o fato de que, atualmente, há uma grande procura por este produto e comentam a respeito: “Tivemos um grande crescimento de cristãos no país. Hoje, representamos 81% da população total do Brasil. Vendo toda essa tendência, unimos o nosso propósito, nossas ideias e ações para gerarem frutos. Todas as frases são exclusivas, todas nossas estampas são como cartas vivas anunciando Deus, Jesus e a Salvação em meio à multidão. Por meio das camisetas ‘Frutificai’, podemos expressar nos ônibus, nas ruas, no trabalho, em casa, festas, um pouco do que cremos e praticamos em nossa vida.

E a ‘Frutificai’ não para por aí. Roney e Nailma lançam esta primeira coleção chamada ‘Graça’, mas já antecipam que outras coleções virão no decorrer do ano: “Em breve, com a bênção de Deus, estaremos expandindo para mais acessórios.

Bruno Fonseca, diretor geral do Grupo Frutificai, fala da satisfação com esta parceria: “O Roney Santos é um amigo mais chegado que um irmão (Provérbios 18.21). Ele participou ativamente da fundação da Rádio Frutificai, no ano de 2018, quando eu e minha esposa, Janile Fonseca, recebemos o nosso chamado. Ver este projeto crescer por meio da vida dele é incrível! Quero levar esta parceria para a vida toda. Estamos vivendo o nome do Grupo, frutificando a cada dia.”

Siga o Grupo Frutificai nas Redes Sociais!

Publicidade

Use Frutificai: https://www.instagram.com/usefrutificai
Site:
https://www.webradiofrutificai.com.br
Portal Sal da Terra: www.instagram.com/portalsaldaterra
Web Rádio Frutificai: www.instagram.com/webradiofrutificai
Frutificai Produções: https://www.instagram.com/frutificai_producoes
WhatsApp: https://abre.ai/frutificaiproducoes

Gospel Channel com Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Frutificai Produções

Continue lendo

Gospel News

Cassiane | Bastidores gravação do clipe “Jesus Está no Barco”

Publicado

em

Continue lendo

Trending