Ariana Grande teria sido assediada por pastor em velório de Aretha Franklin; vídeo

0
4768

Durante o discurso, o pastor Charles H Ellis ficou abraçado à cantora e tocou seu seio direito.

Ariana Grande foi escolhida para homenagear Aretha Franklin, que morreu no último dia 16, em seu funeral nesta sexta-feira (31), em Detroit. Durante a homenagem, a cantora passou por um momento, no mínimo, desconfortável, e teria sido assediada pelo pastor Charles H Ellis.

Após a performance da jovem para o clássico You Make Me Feel Like [A Natural Woman], o pastor Charles, que conduzia a cerimônia, foi visto tocando os seios de Ariana. Ele abraçou a garota para agradecê-la por sua participação e disse não conhecer o trabalhar da intérprete de God is a Woman.

“Quando vi Ariana Grande na programação, pensei que era algum prato novo do Taco Bell”, ‘brincou’ o pastor Charles, se referindo a uma famosa rede de fast-food dos Estados Unidos. Nesse momento, o pastor já estava com os braços em volta da cantora, tocando o seio direito dela.

Em um vídeo, publicado por um fã-clube da cantora no Twitter, é possíver perceber que Ariana não conseguiu esconder o constrangimento. “Esta é só mais uma de muitas provas de que vivemos numa sociedade composta por homens desrespeitosos, exigimos respeito”, dizia a publicação.

Além dele, o ex-presidente dos EUA, Bill Clinton também teve a postura condenada por usuários no Twitter, por olhar as costas de Ariana, de cima a baixo, repetidas vezes.

No Twitter, a #RespectAriana, uma referência a canção feminista da própria Aretha, traz mensagens de apoio para a cantora. “Uma pena ver que assediadores como esse homem ganham palco em um lugar onde as pessoas vão para exercer sua fé e religião. Como sempre a hipocrisia e a falta de noção dominam”, escreveu outra usuário da Twitter.

Gospel Channel USA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui