Connect with us

Gospel News

Missões : Igreja é demolida após controversa disputa de posse

Publicado

em

INDONÉSIA – No último dia 26 de junho, oficiais responsáveis pela ordem pública demoliram o prédio de uma igreja anglicana em Cimahi, no distrito de Bandung, em West Java, para dar lugar a um novo shopping center e a um terminal de ônibus. Os líderes da igreja não conseguiram convencer as autoridades de que eram proprietários do terreno.

Desde 1992, ano em que a igreja anglicana da vila de Cirebeum construiu seu prédio, os tribunais lidam com uma sucessão de pessoas que dizem ser os verdadeiros proprietários do terreno. No mesmo dia em que a igreja estava sendo demolida, um tribunal civil em Bandung deu a sentença sobre o proprietário de direito, depois de uma audiência acontecida no dia 24.No dia 26 de junho os oficiais da ordem pública chegaram ao local com uma ordem de demolição assinada pelo prefeito de Cimahi. Eles demoliram o prédio – depois de quebrar e retirar a mobília.O pastor Raman Saraigh apanhou no rosto e no tórax enquanto tentava impedir que os oficiais demolissem o prédio. Vários oficiais se juntaram para bater no pastor, até que outro membro da igreja interveio.O pastor Raman e os membros da igreja entraram com uma ação contra a Prefeitura de Cimahi – mas foi tarde demais para salvar o prédio, que agora está em ruínas.

Movimento para fechar igrejas

Enquanto isso, a Frente de Defesa do Islã (FPI), um grupo filiado ao Movimento Aliança Anti-Apostasia (AGAP), continua a fechar igrejas no distrito de Bandung, sob a alegação de que lhes falta a permissão para cultuar.Devido a um decreto de 1969 emitido pelo Ministério de Administração Interna, os templos religiosos precisam de uma permissão dos oficiais religiosos do local e do líder da vizinhança.Vários pastores declaram que a revisão de 2006 tornou praticamente impossível conseguir uma permissão e fez com que as igrejas se tornassem alvo de grupos extremistas.

Publicidade

Pastor foi aconselhado a se retirar

No início do ano, enquanto o debate sobre quem seria o proprietário do terreno onde ficava o prédio da igreja anglicana da vila de Cirebeum ainda estava acalorado, o oficial da regência de Cimahi, Asep Syaifulah, disse para o pastor Raman Saraigh transferir os cultos da igreja para outro lugar.Então o pastor autorização para um prédio e permissão para construir uma nova igreja em Cirebeum. No dia 18 de junho, a regência de Cimahi enviou uma carta dizendo que autorizava a demolição do prédio porque a igreja não tinha licença de construção. O oficial também informou ao pastor que não poderia construir outra igreja porque aquela era uma área de maioria islâmica.Asep ofereceu ao pastor Raman 50 milhões de rúpias (R$ 8.726,00) como indenização, mas o pastor rejeitou a oferta.O chefe de Cirebeum também se encontrou com o pastor Raman por várias vezes para discutir o futuro da igreja. Raman insistiu que a igreja continuaria em Cibereum para servir aos seus membros; ele pediu para que as autoridades locais providenciassem um novo terreno e uma licença para construir um novo prédio, mas elas se recusaram.

Questão de posse

O pastor alega ter comprado o terreno em 1991 de um fazendeiro, Yus Boyoh, que lhe deu apenas um recibo, ao invés da certidão de propriedade. O pastor e os membros da igreja acreditavam que a venda tinha sido legítima.No ano de 1994, um homem chamado Nunung Hidayah visitou a igreja e disse que era descendente do verdadeiro proprietário, Soma Bin Wargadiredja, e apresentou uma certidão de propriedade.A justiça da Indonésia declarou Nunung o proprietário de direito, mas permitiu que a igreja continuasse funcionando.Quatro anos depois, uma mulher chamada Ida Rosliah entrou com um processo e o Supremo Tribunal a declarou como a proprietária de direito, mesmo Nunung tendo a certidão de propriedade.Baseada na decisão do tribunal, Rosliah vendeu o terreno em 2003 para um homem identificado apenas como Idris. Em 2007, Idris vendeu o terreno ao governo da regência de Cimahi, que ofereceu uma indenização de 125 milhões de rúpias (R$ 21. 716,00) ao pastor.O pastor recusou porque a quantia não seria suficiente para cobrir as despesas de comprar um novo terreno, conseguir uma nova licença para construir e levantar uma nova igreja.Em abril, a regência de Cimahi anunciou a construção de um novo shopping center e de um terminal de ônibus no terreno em questão.Em resposta, no dia 24 de junho, Nunung Hidayah apelou a um tribunal civil em Bandung, juntando a certidão de propriedade e insistindo que seus ancestrais nunca venderam o terreno a ninguém.

Publicidade
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gospel News

Jéssica Augusto | Soldado Ferido [Cover Junior]

Publicado

em

Continue lendo

Gospel News

Grupo Frutificai expande no mercado com marca própria de camisetas

Publicado

em

Chega ao mercado cristão uma nova marca de roupas, “Frutificai”.

Esta novidade é a realização do sonho do casal pernambucano Roney Santos e Nailma Xavier. Roney nasceu na cidade de Palmares e Nailma na cidade de Sertânia. Atualmente, moram em Palmares (PE). Com muita alegria, eles lançam a primeira coleção de camisetas em parceria com o Grupo Frutificai – que conta com a Web Rádio Frutificai, a Frutificai Produções (assessoria artística, divulgação, impulsionamento e plano de carreira) e o portal de notícias Sal da Terra.

Estávamos pedindo a Deus mais uma forma de semear a Sua Palavra, visto que já temos a Web Rádio Frutificai lançando sementes 24 horas por dia. Deus nos deu, em outubro de 2021, a ideia de fazer essa semeadura por meio de camisetas com Sua Palavra estampada nelas. Depois disso, oramos e iniciamos as pesquisas de mercado e a melhor forma de produzi-las. Montamos a nossa produção e hoje lançamos um produto exclusivo e de altíssima qualidade. Temos certeza de que essa semente será resposta de oração, acalento e conforto para muitos corações. Nós, do Grupo Frutificai, entendemos que as camisetas são mais uma ferramenta de evangelização,” Roney Santos compartilha motivado.

A marca, cujo slogan é “Frutificai – coberto pela graça”, surgiu após o casal assimilar o propósito do Grupo Frutificai que é gerar frutos levando a Palavra de Deus ao máximo de pessoas possível. Diante disso, os empresários Roney e Nailma perceberam que também precisavam cumprir a missão do Grupo Frutificai levando a Palavra de Deus ao conhecimento de mais pessoas; assim, nada melhor do que estampá-la em camisetas: “Por meio das camisetas, não precisamos anunciar o que pensamos, mas, expressando a verdade de Cristo em uma estampa, estamos dizendo tudo”, ressalta Nailma.

Publicidade

Roney enfatiza que o mote, “Vestindo-se com a Palavra de Deus”, define a ideia de vestir não apenas o corpo, mas o espírito e que a qualidade será um diferencial no qual a marca se firmará: “Na atualidade, sabemos que existem várias marcas de camisetas que também fazem um grande papel. Entretanto, a ‘Frutificai’ vai priorizar a excelência em todos os aspectos e processos que garantirão a qualidade das suas peças. Servimos a Deus e temos de fazer o nosso melhor para Ele, em primeiro lugar, e para todos que terão uma camiseta da Frutificai’. Seremos rigorosos com todo o nosso processo de produção, da concepção das peças às mensagens estampadas, visando a satisfação daqueles que serão mais do que nossos clientes, mas, acima de tudo, alvos do nosso amor em Cristo.

Os empresários pernambucanos reforçam o fato de que, atualmente, há uma grande procura por este produto e comentam a respeito: “Tivemos um grande crescimento de cristãos no país. Hoje, representamos 81% da população total do Brasil. Vendo toda essa tendência, unimos o nosso propósito, nossas ideias e ações para gerarem frutos. Todas as frases são exclusivas, todas nossas estampas são como cartas vivas anunciando Deus, Jesus e a Salvação em meio à multidão. Por meio das camisetas ‘Frutificai’, podemos expressar nos ônibus, nas ruas, no trabalho, em casa, festas, um pouco do que cremos e praticamos em nossa vida.

E a ‘Frutificai’ não para por aí. Roney e Nailma lançam esta primeira coleção chamada ‘Graça’, mas já antecipam que outras coleções virão no decorrer do ano: “Em breve, com a bênção de Deus, estaremos expandindo para mais acessórios.

Bruno Fonseca, diretor geral do Grupo Frutificai, fala da satisfação com esta parceria: “O Roney Santos é um amigo mais chegado que um irmão (Provérbios 18.21). Ele participou ativamente da fundação da Rádio Frutificai, no ano de 2018, quando eu e minha esposa, Janile Fonseca, recebemos o nosso chamado. Ver este projeto crescer por meio da vida dele é incrível! Quero levar esta parceria para a vida toda. Estamos vivendo o nome do Grupo, frutificando a cada dia.”

Siga o Grupo Frutificai nas Redes Sociais!

Publicidade

Use Frutificai: https://www.instagram.com/usefrutificai
Site:
https://www.webradiofrutificai.com.br
Portal Sal da Terra: www.instagram.com/portalsaldaterra
Web Rádio Frutificai: www.instagram.com/webradiofrutificai
Frutificai Produções: https://www.instagram.com/frutificai_producoes
WhatsApp: https://abre.ai/frutificaiproducoes

Gospel Channel com Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Frutificai Produções

Continue lendo

Gospel News

Cassiane | Bastidores gravação do clipe “Jesus Está no Barco”

Publicado

em

Continue lendo

Trending