Connect with us

Gospel News

Liberdade religiosa no Vietnã mudou no papel, não na prática

Publicado

em

VIETNÃ – Um progresso questionável no trato com as pessoas que professam algum credo no Vietnã foi alcançado desde que o país promulgou uma legislação sobre religião mais esclarecida em 2005. Mas ainda assim os maus tratos não pararam.

O tratamento do Vietnã aos cristãos nas províncias noroestes continua como antes. Fontes cristãs contaram que em Siong, por exemplo, há uma ação deliberadamente orquestrada e pública, efetuada freqüentemente por funcionários do governo.“Funcionários ainda acreditam claramente que o poder que eles têm lhes confere a liberdade para sufocar os cristãos sem violar os regulamentos sobre religião do Vietnã”, disse um observador. A versão 2007 do manual de treinamento dos funcionários da Agência Central para Assuntos Religiosos possui um trecho intitulado “Relativo à Tarefa da Religião Protestante na Região Montanhosa Noroeste”, no qual afirma não ter ocorrido nenhuma mudança quanto ao objetivo traçado no documento de 2006 de “resolver o problema protestante”.Segundo o documento, isso “implica em subjugar o seu desenvolvimento, de acordo com um relatório de fevereiro elaborado pela ONG cristã Christian Solidarity Worldwide (CSW) e a Sociedade Internacional para Direitos Humanos.”O manual de 2006 continha o esboço de um plano do governo para “resolutamente acabar com o rápido, anormal e espontâneo desenvolvimento da religião protestante na região”, ressaltou o relatório da CSW.“Considerando que o manual de 2006 proveu legitimidade específica para que funcionários locais forçassem renúncias de fé entre membros de congregações menos estruturadas, a edição de 2007 impõe uma condição indefinida e arbitrária de estabilidade na liberdade para uma congregação operar.Então, o tratamento de qualquer congregação que ainda não esteja praticando a religião de maneira estável deixa implícito e à margem da interpretação dos funcionários locais a decisão sobre os locais oficiais e a designação da tarefa de forçar a renúncia destas pessoas à sua fé”, disse o texto.Sem uma proibição plena e incondicional no sentido de forçar as renúncias de fé, o relatório conclui que o manual revisado não chega a reparar problemas os do original de 2006.

Entraves à formação de congregações

O Vietnã reconhece ter registrado só 90 das 1200 congregações localizadas na região montanhosa do noroeste. A exigência de inscrição das congregações é freqüentemente usada para reduzi-las no lugar de habilitar as atividades religiosas.Por exemplo, o procedimento de inscrição exige que as congregações forneçam uma lista com o nome de todos os crentes com menos de 12 anos. Algumas congregações informam que os funcionários locais usam a lista então para excluir qualquer criança ou visitante da lista da participação dos cultos ou outras atividades da igreja.Ainda designado como um violador de liberdade religiosa, o Vietnã mostrou sinais de progresso. Por exemplo, autoridades permitiram recentemente que os líderes da igreja realizassem o primeiro seminário de treinamento para líderes de etnia hmong desde que o movimento para fé cristã junto aos hmong começou, há 20 anos.A maioria dos cristãos no Vietnã é de minorias étnicas que vivem freqüentemente em áreas remotas dos altiplanos centrais e na região montanhosa noroeste. Eles continuam sofrendo molestamento e discriminação em silêncio. Em alguns casos, perseguição severa.

Publicidade

Saída prematura da lista de violadores

Em uma audiência sobre os direitos humanos no Vietnã, antes da Convenção Política Parlamentar de Direitos Humanos, em 14 de maio, o comissário Leonard Leo, da Comissão Internacional de Liberdade Religiosa do Departamento de Estado Norte-Americano, disse que o progresso na liberdade religiosa foi acompanhado por abusos persistentes, discriminação e restrições.“Funcionários do governo locais confiscaram a propriedade e destruíram as casas das minorias étnicas protestantes nas províncias noroestes, segundo notícias, em um esforço para persuadi-los a renunciar a fé e voltar para as práticas religiosas tradicionais”, disse Leonard Leo.Apesar das melhorias, a remoção do Vietnã da lista do departamento estatal norte-americano dos piores violadores da liberdade religiosa em 2006 foi prematura, segundo Leo.“As melhorias para algumas comunidades religiosas não se estenderam completamente aos outros; o progresso em uma província não foi percebido em outros; não foram implementadas leis nacionais nos níveis locais e provincianos e em muitas situações as leis estão sendo usadas para restringir a liberdade religiosa no lugar de protegê-la”, disse ele.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gospel News

Jéssica Augusto | Soldado Ferido [Cover Junior]

Publicado

em

Continue lendo

Gospel News

Grupo Frutificai expande no mercado com marca própria de camisetas

Publicado

em

Chega ao mercado cristão uma nova marca de roupas, “Frutificai”.

Esta novidade é a realização do sonho do casal pernambucano Roney Santos e Nailma Xavier. Roney nasceu na cidade de Palmares e Nailma na cidade de Sertânia. Atualmente, moram em Palmares (PE). Com muita alegria, eles lançam a primeira coleção de camisetas em parceria com o Grupo Frutificai – que conta com a Web Rádio Frutificai, a Frutificai Produções (assessoria artística, divulgação, impulsionamento e plano de carreira) e o portal de notícias Sal da Terra.

Estávamos pedindo a Deus mais uma forma de semear a Sua Palavra, visto que já temos a Web Rádio Frutificai lançando sementes 24 horas por dia. Deus nos deu, em outubro de 2021, a ideia de fazer essa semeadura por meio de camisetas com Sua Palavra estampada nelas. Depois disso, oramos e iniciamos as pesquisas de mercado e a melhor forma de produzi-las. Montamos a nossa produção e hoje lançamos um produto exclusivo e de altíssima qualidade. Temos certeza de que essa semente será resposta de oração, acalento e conforto para muitos corações. Nós, do Grupo Frutificai, entendemos que as camisetas são mais uma ferramenta de evangelização,” Roney Santos compartilha motivado.

A marca, cujo slogan é “Frutificai – coberto pela graça”, surgiu após o casal assimilar o propósito do Grupo Frutificai que é gerar frutos levando a Palavra de Deus ao máximo de pessoas possível. Diante disso, os empresários Roney e Nailma perceberam que também precisavam cumprir a missão do Grupo Frutificai levando a Palavra de Deus ao conhecimento de mais pessoas; assim, nada melhor do que estampá-la em camisetas: “Por meio das camisetas, não precisamos anunciar o que pensamos, mas, expressando a verdade de Cristo em uma estampa, estamos dizendo tudo”, ressalta Nailma.

Publicidade

Roney enfatiza que o mote, “Vestindo-se com a Palavra de Deus”, define a ideia de vestir não apenas o corpo, mas o espírito e que a qualidade será um diferencial no qual a marca se firmará: “Na atualidade, sabemos que existem várias marcas de camisetas que também fazem um grande papel. Entretanto, a ‘Frutificai’ vai priorizar a excelência em todos os aspectos e processos que garantirão a qualidade das suas peças. Servimos a Deus e temos de fazer o nosso melhor para Ele, em primeiro lugar, e para todos que terão uma camiseta da Frutificai’. Seremos rigorosos com todo o nosso processo de produção, da concepção das peças às mensagens estampadas, visando a satisfação daqueles que serão mais do que nossos clientes, mas, acima de tudo, alvos do nosso amor em Cristo.

Os empresários pernambucanos reforçam o fato de que, atualmente, há uma grande procura por este produto e comentam a respeito: “Tivemos um grande crescimento de cristãos no país. Hoje, representamos 81% da população total do Brasil. Vendo toda essa tendência, unimos o nosso propósito, nossas ideias e ações para gerarem frutos. Todas as frases são exclusivas, todas nossas estampas são como cartas vivas anunciando Deus, Jesus e a Salvação em meio à multidão. Por meio das camisetas ‘Frutificai’, podemos expressar nos ônibus, nas ruas, no trabalho, em casa, festas, um pouco do que cremos e praticamos em nossa vida.

E a ‘Frutificai’ não para por aí. Roney e Nailma lançam esta primeira coleção chamada ‘Graça’, mas já antecipam que outras coleções virão no decorrer do ano: “Em breve, com a bênção de Deus, estaremos expandindo para mais acessórios.

Bruno Fonseca, diretor geral do Grupo Frutificai, fala da satisfação com esta parceria: “O Roney Santos é um amigo mais chegado que um irmão (Provérbios 18.21). Ele participou ativamente da fundação da Rádio Frutificai, no ano de 2018, quando eu e minha esposa, Janile Fonseca, recebemos o nosso chamado. Ver este projeto crescer por meio da vida dele é incrível! Quero levar esta parceria para a vida toda. Estamos vivendo o nome do Grupo, frutificando a cada dia.”

Siga o Grupo Frutificai nas Redes Sociais!

Publicidade

Use Frutificai: https://www.instagram.com/usefrutificai
Site:
https://www.webradiofrutificai.com.br
Portal Sal da Terra: www.instagram.com/portalsaldaterra
Web Rádio Frutificai: www.instagram.com/webradiofrutificai
Frutificai Produções: https://www.instagram.com/frutificai_producoes
WhatsApp: https://abre.ai/frutificaiproducoes

Gospel Channel com Ana Paula Costa
Jornalista – Assessoria de Imprensa Frutificai Produções

Continue lendo

Gospel News

Cassiane | Bastidores gravação do clipe “Jesus Está no Barco”

Publicado

em

Continue lendo

Trending